''A sua maneira desajeitada, ele era como um príncipe que chegava descabelado e com a axilas suadas. ''


Sinopse: Amy e Matthew não se conheciam realmente. Não eram amigos. Matthew sabia quem ela era, claro, mas ele também sabia quem eram várias outras pessoas que não eram seus amigos.Amy tinha uma eterna fachada de felicidade estampada em seu rosto, mesmo tendo uma debilitante deficiência que restringe seus movimentos. Matthew nunca planejou contar a Amy o que pensava, mas depois que a diz para enxergar a realidade e parar de se enganar, ela percebe que é exatamente de alguém assim que precisa.À medida que passam mais tempo juntos, Amy descobre que Matthew também tem seus problemas e segredos, e decide tentar ajudá-lo da mesma forma que ele a ajudou.E quando a relação que começou como uma amizade se transforma em outra coisa que nenhum dos dois esperava (ou sabe definir), eles percebem que falam tudo um para o outro... exceto o que mais importa.


''Era por isso que ele amava Amy, se é que essa palavra amor poderia ser aplicada a alguém que ele temia tocar e para alguém que as vezes se quer gostava de olhar''

Depois de Matthew jogar na cara de Amy que ela não e feliz como aparenta,Amy decide selecionar alguns alunos para serem seus auxiliares ( que antes panas adultos ocupavam o lugar), com o intuito de conhecer mais gente e fazer amizade e dentre esse auxiliares está Matthew. Aos poucos Amy e Matthew ficam bem amigos e é ai que ela descobre que ele sofre com algumas obceçãos que ele tem, ou seja, TOC. So que Matthew se recusa a aceitar que tem essa doença, o que me deixou com muita raiva dele em boa parte do livro, mas Amy não desiste e tenta a todo custo ajudar o novo amigo e ele acaba cedendo. Com tanta proximidade e intimidade Amy e Matthew acabam se apaixonado, so que nenhum dos dois tem coragem de dizer isso um ao outro. O livro e extremamente fofo, Amy e Matthew são um casal adoravel e fora do ''padrão'', o que me faz amar ainda mais os dois, além do romance o livro narra como as pessoas que tem TOC sofrem e também os problemas que Amy sofre. O livro é lindo e muito gostoso de ler. Recomendo!


Classificação:

Um Comentário

  1. Já vi o livro, mas confesso que não tenho muito interesse em ler, quem sabe eu mude de ideia, hehe.
    Te indiquei pra uma tag:
    http://eusouumpoucodecadalivroqueli.blogspot.com.br/2016/04/esse-ou-esse.html
    Bjão.

    ResponderExcluir